capa

animação

Faça parte deste Clube!

Doce recadinhos ...

Para quem não sabe amar ...

Para quem não sabe amar ...

musicas


MusicPlaylistView Profile
Create a playlist at MixPod.com

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

História da minha vida



Oie queridonas!!!!
Bom dia!
Tá geral me perguntando o porquê de eu não ter contado sobre o meu aniversário. Só que eu contei sim! Fiz postagem no dia 6 de Janeiro!

Meus amores, eu acho que fiz uma confusão na cabecinha de vocês, já explico:
- Eu faço níver 2 vezes no ano!

E com isso, vou ter de contar a minha história desde o início.
Mas, pode ter certeza que vou confundi-las ainda mais!

Olha só ... estão com tempo? Se estão ... lá vai:

Sou adotada desde o 1º dia de vida. Nascí num hospital chamado Miguel Couto, no Leblon, e fui deixada lá após o parto. Nessa época, ou seja, há 45 anos atrás, as mulheres que não queriam os filhos, os deixavam logo após o nascimento, chamava-se RODA.

As crianças ficavam expostas em uma vitrine para que as pessoas  escolhessem qual gostariam de adotar.
No meu caso, foi um pouco diferente.
Eu estava lá, mas tinha uma pessoa que já tinha a missão de me acolher em seus braços.

Eu vim descobrir tudo sobre a minha vida aos 28 anos, num golpe duro que a vida me deu.

Minha mãe trabalhava fora como diarista, e no dia 18 de fevereiro de 1995, ela foi atropelada na Central do Brasil, ironia do destino, o culpado era um policial do Fórum do Rio de Janeiro.
O homem a atropelou juntamente com outro velhinho num sinal vermelho, e não os socorreu!

Esse homem, por nome de Luciano Cruz, não foi responsabilizado em nada.
O pai dele trabalhava na delegacia do 4º Batalhão Militar, bem junto ao local do acidente.
Fiz todos os procedimentos, contudo, a injustiça prevaleceu.
Como se isso não bastasse, quando eu consegui reunir testemunhas, ele as ameaçou e telefonemas anônimos para minha casa eram constantes.

Eu tinha "apenas" um pai acamado com esclesrose múltiplas e um filho de 2 aninhos. Tinha que desistir do processo para me manter viva.

Dois homens dependendo de mim para tudo, e eu ... completamente atônita.
Nessa época eu  morava num apartamento com meu filho, e meus pais moravam em outro aptoº do outro lado da rua, nos víamos sempre, mas, cada um tinha sua  vida.

Passados 11 dias em coma, minha mãe faleceu.
Nossa! O mundo caiu prá mim!
9 meses depois, meu pai faleceu.
Ele não aguentou a falta dela literalmente. 50 anos de casados!!!
Amor de verdade, sabem como é?!

No dia do enterro do meu pai, a tia dele me ligou e disse toda a verdade sobre a minha história.
Sinceramente? Eu quiz morrer!
Merda! Tanta dor, e ainda precisava me causar ainda mais?
Falasse isso outro dia!
Sofri muiito!!! Levei muitos dias para perceber quem eu era naquele momento.

Pensa que acabou tudo por aí? Não!!!
Estão sentadas?!
Pois é ... essa pessoa que é a tia do meu pai, na verdade, é a minha mãe biológica.

Complicou né?! Como eu sei disso? Não foi ela quem me contou.
Foi uma amiga da minha mãe que ao me ver desesperada, contou a verdade sobre tudo.
Se antes vocês achavam que eu deveria escrever um livro por minhas loucas aventuras, imaginem agora!

O irmão da minha mãe adotiva violentou a tia do meu pai.
Ela era doméstica e trabalhava na casa de um General de Marinha, e ele foi preso. Cumpriu pena de 18 anos.
A mulher do general morreu em meio esse tempo, e advinha com quem ele casou-se?
Sim, com a empregada!
A única exigência era que deixasse a tal criança no hospital, e voltasse para ele como se nada tivesse acontecido, e assim foi feito!

Minha mãe adotiva não podia ter filhos, e então meu pai - sobrinho dela - ficou comigo.
Agradeço a eles por tudo que me deram, se estou hoje aqui vivinha da silva, devo isso ao carinho deles.
Acho que a adoção de seu muito mais por uma forma de "indenização moral" a tia do meu pai.

Enfim, tiveram que escolher uma data fictícia para o meu nascimento, já que eu não tinha nenhum papel do hospital, a desculpa foi dizer que eu nasci em casa, de 7 meses e completamente prematura!
Que loucura!
E assim se deu as 2 datas ...eita meu Deus!!!!

Desculpem o desabafo tá gente? Mas, sabem ... acho que foi bom!
Eu tinha tudo para ser uma pessoa encanada, cheia de "neuras", mas .. não!
Caramba, nada a ver!
Se eu sou fruto de uma violência, então, transfomei minha vida para servir aos meus amigos.

Agradeço a DEUS, Ele me deu uma nova vida, e eu estou aqui.
O dia de ontem não foi nada, dureza mesmo é o dia de hoje. Hoje é a guerra!
É assim que eu levo a minha vida. Todos os dias pocuro lembrar desta frase.
Porque todos os dias, é dia de lutar!
Me desnudei na internet ... e vai ter gente que vai dizer:
Que louca!!! Eu? Nãaaao!

Não tenho nada para me envergonhar!!! Peraí ... tem sim!
Ahhh ... tem sim!
Dessa gente mau caráter que insiste em sacanear o povo Brasileiro.
Gosta de ganhar dinheiro com a desgraça do alheio, como aconteceu em Friburgo ... cadê a verba?
Disso eu tenho maior vergonha!

Ahhh ... vergonha também daquela mulher que matou o cachorrinho Yorkshire!
Safada, pilantra, mequetrefe ... enfermeira e casada com médico!!!!!
Prá mim, tudo aquilo foi premeditado.
Porque a pessoa que filmou não impediu a cretina?!

Não vou enumerar, senão, vocês não saem hoje daqui.

Então, acho que expliquei tudo né?
Não adianta não!
Faço níver 5 de janeiro e 15 de julho ... e ai de vocês se esquecerem!
Hahahaahahahahaahahahahahahahahahahaha ...
Meus amores, desculpe-me pelo texto imenso!
Mas, agora está tudo explicadinho nos seus míiiiiiiinimos detalhes.

Agora deixa eu ir porque quando lembro disso tudo, eu choro.

Sou humana né gente?
Um grande beijo para vocês!!!
E com muito carinho ... ofereço essas flores!




22 comentários:

Luciane disse...

Ahh Madame, familia é mesmo um troço complicado.
Não tente entender ...

Não conheço ninguém que tenha 2 datas de aniversario, tinha que ser mesmo uma pessoa especial como vc né ?

Bjins flor.

Luciane disse...

Falando em chorar ... dia desses eu tava me lembrando de uma postagem que vc fez sobre um cachorro, um lance com uma vizinha megera. Vc ficou com ele ?

Me lembro que li aquela postagem e chorei baldes por dias :(

Lin Sousa disse...

olá, vim lhe dizer um alo (pensou que me esqueci de ti?) e me deparo com sua história .. e que história .. estou ttonta , daria um livro ..mas o que posso lhe dizer é : o que importa é o agora , o que vc conquistou , as batalhas que vc ganhou ..mas é bom falar, escrever pra desabafar .. bjks LIN

Sonia/sbspsp disse...

Você é quem deveria receber flores todos os dias. Que história, querida. Se sua mãe é tia do seu pai, então vc é prima dele......kkk. Desculpa fazer piada com isso. O bom disso tudo é que vc é uma pessoa muito especial.
bjs
Sônia

Teresa Agrello disse...

Querida Kátia,
Já te achava uma pessoa bacanérrima, agora então, minha admiração e respeito só aumentaram!
E realmente, você não deve ter vergonha de sua história, que embora dura, é muito bonita, pois você recebeu amor, carinho, valores e se tornou essa pessoa alegre e alto astral.
Vou parar por aqui, porque senão eu vou chorar também. (rs)

PS.: Sempre que tô vendo a novela "Fina Estampa", quando aparece a empregada da Tereza Cristina, eu só lembro de você... acho que o humor dela me faz lembrar de ti. (rsrsrsrs)

bjins e fica com Deus!

Edite Artesanatos disse...

Bom dia,bom dia linda amiguinha.

Passaei pra deixar meu abraço,e te desejar so o que ha de melhor nesta vida,muitas risadas igual ao do bebe do comercial,saude,paz,e muitas amigas(os) bem alto astral.

parabens amiga,por mais este niver,e por suas lutas diarias,nossa estou emocionada com sua historia.
Com certeza sua vida daria um livro.

Milhoes de beijinhos e vamos que vamos,que o dia nos esperar.


Fuiiiiiiiiiiiiiiiiii.

Marli disse...

Querida Kathia.
Que linda história de sua vida.
Como Deus está sempre junto com seus filhos, não deixou você abandonada tratou logo de arrumar um família linda para você.
Isso da para começar um livro.
Que Deus continue te abençoando sempre.
Abraços
Marli

Neli Alves disse...

Não tem que chorar. Tem que agradecer a Deus por ter te dado uma mãe de verdade, que te amou e a quem você amou muito. Imagina se fica com a outra e sofre pra caramba nas mãos dela? Tem muita mãe-drasta por aí!!1
Você é mil, mulher corajosa, que não tem medo de mostrar a que veio.
Bjks. Te amo. Neli

Rosângelaarteselinhas disse...

Oi Kathia.Realmente dá para escrever um livro....
Ainda bem que vc foi criada por pessoa que te deram amor, isso que importa.
Sei que ando meio sumida, mas é que não estava conseguindo entrar no seu blog.....Tive que formatar meu computador.aGORA JÁ CONSIGO VISTAR TODOS OS BLOGS....
Bjs!
Rosangela.

Faniquito disse...

Oii, minha querida !!!

Menina, é #!@#*+@@ !!! Tu é forte prá caramba. Eu acho que quanto mais lambadas a gente leva mais descolada a gente fica.hehehe Pq é como vc mesma disse, ficar chorando só arrasa.Não foram essas as palavras mas o sentido é o mesmo.

Conhecia a parte dos seus pais mas a tua "origem" não. Concordo contigo era melhor não saber mas em contrapartida tu já deu a volta por cima e agora q nos contou mais ainda... fica tipo uma catarse.Se eu já te admirava antes ...imagine agora !!! E oh, até chorei com o que li..e é duro fazer eu chorar, só qdo a situação me pega ... e a tua pegou em cheio.:)

E eu sou da opinião que tu devia fazer niver todo mes...muita festa nesse espaço de mulher guerreira.

Beijinhos com muito carinho da dinda

Ana

Artes da Fafa disse...

Oi amiga!
Nossa que história!
Que exemplo de superação...
Parabéns pela sua força interior e também pelo seu Niver.
Beijos... Fátima.

Evani... disse...

Oi Kathinha, primeiramente parabéns pelo aniversário (em julho dou parabéns de novo...hahaha). Agora, vamos combinar que a se vida "tentou" te dar uma rasteira, voce superou e hoje é tudo isso que voce é. Minha avó e mãe sempre diziam que Deus não dá nada além daquilo que se pode carregar.. então amiga... se ele te deu esses fardinhos, sabia que voce iria tirar de boa. E eu admiro a guerreira que existe aí dentro dessa baixinha maravilhosa.
Fique em paz, sempre!!! Te amo !!!!!
Bjs

eliza disse...

OI MIGUXA AMADA, É POR VOCÊ SER QUEM É QUE EU TE AMO DE MONTÃO. SABIAS QUE EU TENHO UM FILHO E UMA FILHA ADOTIVOS?
ENTÃO TEMOS MAIS UMA COISA BOA EM COMUM. BJUS

Sonia/sbspsp disse...

oi fofa
a cadeira é horrorosa porque tem toda uma história por trás. Não pretendo ficar com ela 1 segundo além do necessário....kkkk
bjs
Sônia

Viviana disse...

Que historia interessante, e lembrei da minha mãe que sempre diz "feliz é quem tem historia pra contar" e eu mesmo atrasada desejo imensa felicidade pra vc, que vc tenha sempre alegria no coração e continue fazendo coisas lindas. Um forte abraço e saude sempre!!!

Sonia/sbspsp disse...

Muito obrigada.... adoro papel, origami.... mas a mão dói prá burro....kkkkk
Assista esse vídeo.. http://www.youtube.com/watch?v=b7lWojSu-Pk
É que parece sua história..... é uma piada, viu? Não fique triste comigo, pois adoro vc de qualquer jeito e fico feliz em saber que seu pai e sua mãe te amaram muito.
bjs
Sônia

Faniquito disse...

Tive que voltar !!! hehehe

Eu acho q nessa vida todos-sem excessões- tem suas dores, é fato.O que muda são as causas dessas dores.

Graças a Deus- e apesar de não os ter mais aqui nessa vida- tive uma família (pai,mãe e irmã) abençoada e muito unida, só vendo. Hoje, sofro a falta deles mas agradeço muito por os ter tido por um tempo e tenho certeza que um dia nos encontraremos e aí não haverá mais separações ,pois creio na vida eterna.

Conta sim, a segunda parte, e que triste a sua mãe ter tido essa reação.Não a julgue ( tenho certeza que vc ñ julgou) ela fez e faz aquilo que a limitação dela permite.Mas q é @#$%¨* ah isso é !!! hehehe Vc tem pessoas q te gostam e muito ...amigos, são a família que a gente escolhe.

Beijinhos ...guerreirA

Ana

ELAINE disse...

Uma 5ªF iluminada e repleta de bênçãos! Volta sempre que quiseres e/ou puderes!Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

Sonia Facion disse...

Oi Katita!!!

Te admiro ainda mais, pois a vida nos dá cada tombo, mas a gente levanta e segue e graças ao nosso bondoso Deus.

É nossos pais se amavam muito, não conseguiram ficar um longe do outro.

Bjks amiga e vamos que vamos

Sonia

areiasdejade disse...

Admirável você dar a volta por cima! o melhor de tudo é constatar que você foi bem criada, pois eu conheço gente que teve pai e mãe no entanto rezava todos os dias para morrer, e com apenas 16 resolveu dar cabo da própria vida; e por incrível que pareça essas estórias tristes se repetem todos os dias, basta assistir aos telejornais.
Portanto o que interessa mesmo é isto, ser criado com carinho, atenção, e o mais gostoso é saber que quem nos criou nos amou de verdade!
Bjs
Nely

★ Siméia disse...

Olá madame minha lindaaa!!Tô bege,verdee e amarelo!!!meninaaa do céu...esta sua história foi tremenda,vc realmente ñ deve se envergonhar de NADA absolutamente NADA pq vc soube ser mulher de verdade!!Deus sabia a importância de ter vc aqui nesse mundo e lhe deu a oportunidade de conquistar seu espaço no meio de nós...olha pra mim esse casal que te criou é o mais fofo e lindo do planeta!!!todas nós temos uma dor,uma angústia nessa vida e vc soube muito bem driblar esses contratempos que a vida nos apresenta...nem por tudo que passou deixou de ser uma mulher digna,cumpridora dos seus deveres e obrigações,boa mãe,filha,e grande amiga!!!!querida meus sinceros cumprimentos pela pessoa maravilhosa que és e deixo aqui meu carinho,meu ombro amigo,minha amizade verdadeira e admiração por ti...feliz niver atrasado rsrs tudo de melhor na tua vida!!!bjos! bjos! bjos!

Sofia disse...

Eu já admirava a sua pessoa, mas hoje a minha admiração cresceu em flecha. Não tem mesmo que se envergonhar de nada. Você é uma mulher corajosa e lutadora e merece tudo de bom que a vida te possa dar.
Um beijo bem grande*

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...