capa

animação

Faça parte deste Clube!

Doce recadinhos ...

Para quem não sabe amar ...

Para quem não sabe amar ...

musicas


MusicPlaylistView Profile
Create a playlist at MixPod.com

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Preciso da opinião de vocês!

Bom dia minhas amigas!


Gente, eu quero dividir com vocês hoje uma angústia que me aconteceu ontem. 
Até para dormir foi difícil, mas, depois de alguns calmantes, eu consegui apagar!
O papo dessa vez é muito sério e preciso de uma opinião ...


Vocês sabem que eu faço frete, e eu tenho o Vini que é um cliente fixo ... todas as terças e quintas-feiras, eu o levo para o Senac às 18:00 e vou buscar por volta das 22:00 hs.
Sendo que, eu resolvi ir ao supermercado X logo após ter deixado o Vini no Senac, precisava comprar umas coisas para fazer o jantar. 
Sabe aqueles dias que não te dá vontade de fazer propriamente uma comida?


Pois é! Eu fui comprar pães e frios para um belo sanduíche. 
Enquanto me divertia vendo alguns lançamentos de feijões prontos, vozes me chamaram a atenção.
Era de um pai brincando com uma menininha no carrinho de compras que ela, aparentava ter 5 aninhos, e embora que pareça uma cena inocente, não era.


Ela estava de costas para ele, deitada sobre uma acomodação que o carrinho de compras tem para as crianças, vestia um vestido comprido e distraída com uma boneca nas mãos.
Vocês vão dizer: - O que tem isso demais?


O cara estava com as mãos por debaixo do vestido dela, acariciando de forma muito intensa, e eu estava com o pacote na mão olhei para a cena e não conseguir parar de olhar.
Ele estava tão envolvido na coisa, que não percebeu que chamou a minha atenção.
Pensei:
- Estou louca! Estou imaginando coisas ... não posso estar vendo isso!


Não era loucura, delírio, doidice ou coisa parecida. 
Ele estava literalmente bolinando a menina.
Num espaço de 2 metros estavam a mãe e a sogra super distraídas com os produtos na prateleira, decidindo  que tipo de mercadoria levavam; e ele de costas para elas tapava com seu corpo a cena.
Ele alto e forte, portava bermuda e blusa estilo T-shirt, falava meio que alto para que elas pensassem: - Ele está distraindo a criança!
Eu alí sem saber o que fazer ... 


Ele estava completamente excitado e perguntava se a menininha estava gostando da "brincadeira do Mickey" ... que estava procurando um lugar para se esconder.
Gente! Me deu uma espécie de mal estar, um nojo, uma vontade de correr e avisar a mãe.


Quando ele bateu os olhos para o alto e me viu olhando toda a prática, retirou a mão do vestido da menina mais que rapidamente, senti que ficou atônito e levou um susto enorme.
Tive vontade de partir para cima dele, mas, logo me veio a pergunta na cabeça:
- Será que alguém vai acreditar em mim?


Olhei para o teto e procurei uma câmera, porque normalmente supermercados possuem câmeras pelos corredores, e neste não poderia ser diferente ... mas, era. Não achei!
Porque poderia provar que ele praticava a pedofilia, o abuso!


Já vi casos que as mulheres defendiam seus maridos apesar de saber do que elas estavam passando...
Enfim, esta mulher aqui que vos fala, não soube o que fazer.
Enquanto ele me olhava esbugalhado, quase implorando para que eu não fizesse um escândalo, foi seguindo com o carrinho e eu não pude deixar de seguí-lo com os olhos, e elas ficaram no corredor enquanto ele se afastava com a menina.


Meus Deus! Nunca havia presenciado isso antes, mas, posso dizer que fui covarde.
Não sei o que me deu, acho que o choque foi grande demais, não tive reação. Tudo me passava pela mente, mas, a coragem de fazer um furdunço ... isso não me passou, não cogitei.


Minha criação foi diferente, e eu era agarrada ao meu pai, contudo, não podia sentar no colo dele, porque a minha mãe deixava isso claro para nós dois. 
Ele respeitava isso e eu sabia que não era certo, portanto, não fazia!
Nunca tive problemas com meu pai, e nunca vi meu pai me olhando diferente, ao contrário!


Só pedia para eu ter cuidado com os meninos na escola, e a recomendação era a mesma quando fiquei mocinha. 
Minha criação era bem rígida apesar de tudo!


Gente, por favor, me falem ... eu errei?
Porque eu ainda posso voltar no mercado e tentar na administração relatar os fatos e ver as câmeras. Através disso denunciar para o Fantástico, sei lá!
O que vocês acham?!


Eu tive medo delas não acreditarem em mim. 
Pensei em falar que verificassem a mão dele, é tudo tão constrangedor que pelo Amor de Deus, eu não sei o que fazer até agora.


Fui embora do mercado, liguei o carro e chorei. Pedi perdão a Deus por me calar, fui para casa. 
Falei depois com o Vini, e ele disse que eu fiz bem em não me meter.
Mas, ficou a cena me batendo na mente ... poderia ter feito alguma coisa!!!


Só sei, que aquela garotinha vai ser abusada por muito tempo ainda.
E eu, não fiz nada, mas, pela primeira vez, eu não sei se realmente poderia ter feito algo. Por isso, eu peço, comentem.
Ainda posso tentar!





Estrela - Destaques "Não é digno de saborear o mel, aquele que se afasta da colméia com medo das picadelas             das abelhas"








33 comentários:

Luciane Castro disse...

Amiga eu acho que se vc tiver a oportunidade de voltar ao mercado e falar com o gerente, faça !

Dizem que pra denunciar não é preciso se identificar, as câmeras hoje são giratórias, as vezes vc não viu, mais alguma pegou a imagem.

Vc vai ficar tranquila, sabendo que fez alguma coisa.
Pq esses nojentos não fazem isso uma unica vez, não pense que com o susto de ontem ele vai parar pq não vai, pq ele é um doente.

Sonia/sbspsp disse...

Nossa, nem sei o que dizer...Acho que um escândalo naquela hora iria expor a menina ainda mais. E ele poderia dar uma desculpa e se safar..... Agora fica ainda mais difícil, porque ele vai evitar aparecer por lá com medo de vc. E vc não tem provas, nomes, nada. Você pode perguntar no supermercado se eles têm câmeras e se poderia haver uma gravação. Sem ela, nada pode ser feito. Pelo menos ele parou quando viu vc. Naquela hora vc evitou algo. Sei que é difícil, mas acho que vc não pode fazer nada.
Vc não tem culpa de nada.
bjs
Sônia

Simone Agulhas Encantadas disse...

Minha querida!

O asunto é delicado.
Antes de te dar minha opinião eu vou te contar uma coisa.
Eu sofri abuso sexual na infância pelo meu tio, irmão da minha mãe.

Bem, na verdade eu não posso negar que as marcas ficam para o resto da vida, nada vai apagar, nada, só podemos nos tratar e saber lidar com a situação.

Bem, eu entendo o seu comportamento, pois quem iria acreditar? e como vc mesma disse, muitas mães acreditam nos canalhas.

Mas na minha opinião...acho que vc deveria tentar sim no supermercado alguma filmagem...insista..se vc conseguir esta filmagem, aí sim faça alguma coisa...

Não se culpe tb se não conseguir, a vida é assim amiga. as vezes as coisas acontecem de surpresas.

Mas só de ler o seu relato, meu coração dispara, de revolta..muita revolta.
Hoje sou mulher bem resolvida, mas e se eu não tivesse conseguido ser resolvida?

Fique bem amiga...não fique assim..sei que é difícil ficar bem...mas tente...infelizmente não poderemos resolver todos os problemas do mundo...faça aquilo que o seu coração pedir.


Mil beijos!

Aquarela disse...

Querida,
Imagino o que pode ter sentido ao ver a cena, agente na maioria das vezes só ve esse tipo de coisas pela tv,é complicado opinar até pq quem ta de fora é mais facil dizer pra denunciar sim,mas mesmo q existam cenas de uma camera escondida o gerente vai negar o acontecido pra não "sujar"a imagem do mercado,o que vc acha de ligar no disc denuncia e pedir orientação?talves eles tenham uma saida...como vc ñ fez imagens ficará dificil pra vc bater de frente com o gerente do supermercado,no momento só resta pedir a Deus que tire esse homem de perto dessa garota pq ser vitima de abuso dói muito nos deixa danos irreparaveis.Não sou boa de conselhos sabe? prefiro escutar q falar mas vou pedir muito a Deus pra q te mostre um justo caminho.Boa sorte.

izilda disse...

comentario sobre pedofilia,se que o susto foi enorme,estou lendo e travando os dentes de tanto nervoso emagino voce,mas va ate o mercado converse ve se eles tem a fita,conversse com o gerente,nao deixe que isso continue,eu sei que nos da muito medo,mas o que vai ser dessa bebe,5 anos e tanta inocencia,meu deus e duro acreditar,mas confie em deus e siga adiante

Flávinha disse...

Ola amiga. Nossa eu fiquei mal so de ouvir a sua historia...nossa que horror, acho que se fosse eu, teria dado uma bolsada na cara dele, e tinha feito um escandalo...Afff....eu acho que voce deve denunciar, pq senao esta criança pode sofrer muitooooo ainda. Se quiser curta a minha pagina ...

http://www.facebook.com/UmJeitoFlavinhaDeSer

Espero ter ajudado....bjus

Neli Alves disse...

Minha amiga, não queria estar na sua pele. Acredito em você, claro, mas acho muuito complicado entrar numa relação com uma coisa assim. Nunca se sabe se as pessoas envolvidas são coniventes - se são, claro que vão desmentir você. Em um lugar público, vai ser um escândalo e tanto - vc tem que estar preparada para a exposição. Se vc já tivesse visto a família antes, soubesse alguma coisa sobre eles, talvez fosse mais fácil. REalmente, é muito complicado. SE fosse minha filha, eu iria agradecer pelo resto da minha vida! Sem medo de escândalo! Deus te ilumine.

Edite Artesanatos disse...

Oi Kathia!!!

Amiguinha do ceu,que cena foi esta so de ler seu poste,ja fiquei com lagrimas nos olhos imagina presenciar uma cena desta aff.

Não é pra menos vc ficar assim tão imprecionada.

é dificil saber qual é a nossa reação em uma cena desta.
E uma situação muito dificil,mas se vc esta se sentindo mal com o ocorrido volte la no super mercado e tenta ver se consegue alguma prova,porque sem elas vai ser dificl fazer algo a respeito.

Beijos linda fique bem,se cuida.

Betty Gaeta disse...

Oi Káthia,
Difícil falar se vc agiu certo ou errado, pois eu nunca presenciei uma cena destas. Já presenciei uma mulher batendo em uma criança no supermercado. Eu não disse nada, fui me aproximando e olhando nos olhos dela, mas me aproximei para valer. A mulher ficou apavorada, pois ela na sabia se eu ia bater nela ou fazer um escândalo. Ela tentou se afastar, mas cada passo que ela dava, eu ia atrás. Por fim ela parou e perguntou o que eu estava querendo. Eu disse que queria levá-la para o curador de menores. A mulher tremia como uma vara verde. pediu mil desculpas, disse que a criança não era filha dela (eu disse que era pior ainda), disse que não faria mais. Eu disse que esperava que não fizesse mesmo, pois senão ia se ver comigo e que eu teria as câmeras de segurança do supermercado para provar (acho que não tinha, mas como ela estava errada não iria verificar).
Com gente louca e ruim, eu posso não ser ruim, mas sou louca e meia.
xoxo

Gosto disto!

GoArtes disse...

Oi minha Lindona,

Estou aqui em choque junto com você, não é fácil presenciar uma cena dessas. Mas acho que você pode falar com alguem do Conselho Tutelar ou algum advogado que você conheça, para se resguardar e saber quais as suas chances de denunciar esse cafajeste. Se você sabe onde ele mora, pode então, fazer denúncia anonima. Eu procuraria alguma forma de denunciá-lo.Principalmente pelo futuro dessa criança.

Espero ter te ajudado e que os seus amigos de luz, seu Anjo da Guarda lhe ilumine nesse momento de decisão.

Xerokas carinhosas
Go

Sempre Senhor Jesus disse...

Amiga estou sem palavras. Eu também não consigo imaginar o que eu faria. É muito difícil. Não se sinta culpada. Como você iria provar? Só podemos orar pra que Deus de alguma maneira possa livrar essa menina inocente. Fica em paz amiga. Que Deus te console, Um abraço!

Casa das Bonecas de Pano de Ipiabas disse...

Amiga eu acho que iria, se tiver certeza por que parece que tem, a gente não pode deixar passar sabe, o que acontece as vezes essa criança está sendo molestada, pense e manda ver bjs querida Leila

Anônimo disse...

Você deveria ter chamado mais alguem que estivesse proximo para pesenciar a cena tambem, mais nesse então a melhor coisa a fazer é você procurar a direção do supermercado e solicitar as câmeras, as vezes elas ficam escondidas, e relate esse fato à administração

Toca do trico e croche disse...

Káthia do céu !
Acabei de ler seu post e estou boba...
Meu Deus do cëu menina , que situação !!!
Olha eu vou ser bem sincera pra você.
Eu no seu lugar teria a mesma reação, não é covardia não, mais para nós uma situação destas é inconcebível, não dá pra acreditar que um pai tenha coragem de fazer isso com sua filha.
Agora passado o susto, se você puder ir ao mercado e procurar fazer a denuncia e tentar encontrar alguma prova de filmagem. Seria muito importante.
Você se sentiria melhor e com certeza teria feito todo o "seu possível " neste caso.
No mais fique com Deus!
E vamos rezar para que este crápula não tenha coragem de fazer mais isso com esta inocente criança.
Beijos!
Sonia Faria

Anônimo disse...

QUE ABSURDO,compartilho com vc esa aflição!!!!

Álbum da Artesã disse...

Kátia
Uau, Afff, que post pesado né?
Confesso que por 2 momentos assisti roubos nas Lojas Americanas, o primeiro:
Eram 3 mulheres, enquanto 1 vigiava o vigia, 1 enchia as mãos com barras de chocolate e a outra mantinha uma baita bolsa aberta onde eram jogados os chocolates.
Fiquei em choque e + 2 pessoas também assistiram e também ficaram em choque - era inacreditável a audácia ...
O segundo:
Uma jovem chegou junto a mim na gôndola de meias, tirou um par fora caixa, olhou para mim e perguntou? Serão de boa qualidade?
Nem respondi, foi rápido demais, a guria fechou a mão com a meia na mão e saiu dali, nem cheguei a pensar + nada, logo após ela chegou uma senhorinha junto a mim e junto à gôndola, e perguntei a ela: - a Senhora percebeu que a jovem roubou o par de meias?
A tal Senhora nem ficou enrubecida.
Por que será né?
Dio Santo o Mundo está mesmo virado, as pessoas sem noção ... e nem vou discursar + sobre isso
Quanto à pedofilia ... espero eu ter reajido melhor e ligado o celular para denunciar no exato momento.
Mas será que faria isso ou ficaria com cara espantada, não acreditando na cena que via como aconteceu contigo?
Fica bem !
Bj♥s

CROCHET DA HELOISA disse...

Oi Katita
Na hora eu diria pra mae: Fique de olho pois ele esta bolinando sua filha.Sei que ia ser um fuzue..mas pelo menos ela ficaria com a pulga atras da orelha e quem sabe um dia isso iria ajudar. Mas, sei que na hora ficamos sem açao, logo, pra acalmar seu coraçao va ao supermercado e fale com o gerente.Ja pulei dentro de uma piscina pois vi um senhor brincando com crianças fingindo que ensinava a nadar. O homem era coronel e meu marido tenente...conclusao..quase foi preso....ninguem acreditou no tenente....Mas sei que ajudei algumas crianças e ele nunca mais apareceu na piscina..isso foi a trinta anos atras. Coisas assim acontecem. bjs Heloisa

Ivete P. Santana disse...

Boa Noite..

Estou sem palavras... estou muito enojada com tudo que li...e muito difícil uma situação destas...
Eu não saberia como agitar.... Então é difícil opinar..

Luciana disse...

Káthia, minha amiga, essa é a primeira vez que leio uma postagem sua e termino sem um sorriso no rosto.... não por achar que vc fez algo de errado, mas pela situação que vc presenciou e pela angústia que vc está passando.

Em primeiro lugar, acho que vc acertou em não armar uma confusão no super mercado, principalmente por estar sozinha. Seria sua palavra contra a dele e isso, além de não ajudar a vítima, poderia ter consequencias desagradáveis ou até perigosas para vc!

É claro que uma pessoa decente, com princípios e compaixão não poderia ir para casa e esquecer facilmente do que viu. Por isso vc ficou tão perturbada com o fato! Acho que vc poderia voltar ao supermercado (quanto antes melhor) e procurar a gerência para contar o que presenciou. Não sei se o supermercado adotará alguma providência, nem mesmo se deixará vc ver as gravações (se houver, já q vc não localizou câmeras), mas, tenho certeza, vc ficará em paz com sua consciência pois saberá que fez aquilo que estava ao seu alcance pela garotinha.
Nunca presenciei nada do gênero, deve ser revoltante mesmo, mas é suficiente a gente ver crianças totalmente vulneráveis nas ruas, se prostituindo e saber que a gente não pode fazer praticamente nada por elas.
Minha admiração por vc só cresceu.
Um beijo, amiga, durma em paz. Vc é uma pessoa do bem!

Simone Bitar disse...

Amiga querida!

Eu acho tbm que se tiver uma oportunidade volte ao supermercado e converse com o gerente.
Eu tbm agiria como vc, pois nem sempre a mãe acredita. Infelismente é assim...mas acho que ao comunicar ao gerente do supermercado, peça que eles providenciem câmeras ou mesmo vigias que fiquem de olho em quem entra no estabelecimento.
Amiga, não queria estar na sua pele...acho que eu perderia a razão e tamparia a bolsa nele...nossa, que horror!
Vc foi prudente, fez o certo, porque poderia sair como a louca.
Amiga, espero que se recupere e peço a Deus que te proteja e te dê coragem de voltar lá.

Bjos e fique com Deus.

Simone Bitar

Lúcia disse...

No mundo que estamos vivendo, custamos a acreditar no que vemos, ficamos pensando que estamos imaginando coisas, que devemos estar assistindo TV demais... sei lá, eu tb não sei o que faria num caso desses, o que a garotinha seria dele, filha, enteada, sobrinha? Qualquer relação que tivesse, provocaria uma crise naquela família!
Não se culpe, se for realmente o que vc imagina que viu, mais cedo ou mais tarde, alguém irá denuncia-lo.
Abraços!

Tia Elisama disse...

Olá Katia!
Menina,só de ler ... imagine , tenho certeza que minha reação seria diferente! mas entendo sua posição! acho que vc deve verificar a posibilidade de ver essas imagens sim! faça uma denuncia anônima sim!, vc já imaginou? essa garotinha vai com certeza esta nas mãos desse crápula ! atitudes corajosas salvam muitas inocentes crianças, seja corajosa! Deus dará forças a vc! bjs (blog "paraticoseticas" Elisama

Tia Elisama disse...

Olá Amiga!
Coragem! vc pode pedir sim essas imagens! e denunciar sim!
vc não precisa se expor! Cada atitude corajosa salvará uma inocente vida das mãos desses crápulas! Estou nervosa só de ler, vá o mais rápido que vc puder! Deus abençoe vc! bjs(blog "Paraticoseticas" bjs

Lúcia Costa disse...

Káthia, que situação heim?
Acho que eu no seu lugar também não iria fazer nada que chamasse a atenção de ninguém, mas já que ele lhe viu. Se fosse eu me aproximaria do cafajeste e lhe informaria que estava indo procurar a gerencia do supermecado para denucia-lo só pra ver o canalha diseperado. Bater em você ele não iria, nem poderia, afinal se isso acontecesse ele estaria se denuciando.
Agora, o que posso dizer é que só o fato de você relatar tudo isso aqui, de alguma forma você já está ajudando muito.
Bjs.

areiasdejade disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joana disse...

Oi Kathia, foi muito natural a tua reação, ninguém que seja do bem está preparado para uma cena dessas, a reação é mesmo essa que você teve, de choque, e quando a pessoa está em choque não consegue raciocinar sobre o que fazer naquele momento. Não sei se o supermercado iria a procura de imagens mas se você acha que deve procurar então procure porque isso vai ajudar você no sentido de se sentir melhor por estar fazendo alguma coisa. Não se sinta culpada de jeito nenhum, mesmo que você tivesse reagido e falado ele iria negar e se falasse para a mãe da menina ela provavelmente não teria acreditado. Recentemente a polícia deu uma batida numa vila próxima do meu sítio, sob as denuncia de que uma adolescente estava grávida do próprio pai. Ela negou e a polícia foi embora. Ele saiu contando nos botecos que não só era pai do que estava na barriga como também dos outros dois que ela ja tinha tido antes e que ele estava criando. E a mãe da garota sabendo de tudo. Eu cada vez me convenço mais de que o mundo está dividido em duas categorias de gente. Os com noção e os sem noção. O pior é que os sem noção estão se tornando maioria. Fica em paz e independente de qualquer atitude reza por ela. Bjs
Joana

Drika de Jesus² disse...

Querida Káthia.
Imagino o seu drama. Só em ler, o coração dispara. Devemos nos preparar, pq isso será cada vez mais visto, infelizmente.
Sou pós-graduada em Enfrentamento no Combate à Violência Infantil e, enquanto não tivermos "apurações" e "leis" mais rígidas, esses canalhas continuarão atuando, pq não se sentem ameaçados.
Vc PODE, sim, fazer algo, MESMO AGORA, que já passou a situação:
1) ligar no DISQUE 100 e pedir orientação
2) ligar no conselho tutelar próximo do bairro e pedir orientação
3) ligar no DISQUE DENUNCIA 181 e REGISTRAR a ocorrência
4) ir a delegacia + próxima e registrar um B.O.
5) ir no mercado e conversar com a gerência, informar se eles possuem uma câmera e se ela consegue filmar o LOCAL onde vc presenciou o abuso. Se sim, ele provavelmente só vai liberar com ação judicial. Tudo bem, pq vc pode registrar no B.O. ou na denúncia ao Disque 100, 181 ou ao Conselho Tutelar.

Obs.: Já ANOTE as CARACTERÍSTICAS de todos os envolvidos para vc não se esquecer: criança, abusador, mãe, sogra, etc. Perfil físico, altura, cabelo, vestimentas. Isso será muito importante na apuração/investigação.

Se precisar de mais orientações, posso te encaminhar para CONTATO com pessoas na sua cidade que já trabalham na área (eu ainda não atuo diretamente).

Se quiser, pode me escrever diretamente: adrianadejesus.missoes@gmail.com.

Abraços e muito boa sorte!

Lembre-se: não se cale. Mesmo de forma ANÔNIMA, vc pode ajudar esta criança.

Drika de Jesus² disse...

Querida Káthia.
Imagino o seu drama. Só em ler, o coração dispara. Devemos nos preparar, pq isso será cada vez mais visto, infelizmente.
Sou pós-graduada em Enfrentamento no Combate à Violência Infantil e, enquanto não tivermos "apurações" e "leis" mais rígidas, esses canalhas continuarão atuando, pq não se sentem ameaçados.
Vc PODE, sim, fazer algo, MESMO AGORA, que já passou a situação:
1) ligar no DISQUE 100 e pedir orientação
2) ligar no conselho tutelar próximo do bairro e pedir orientação
3) ligar no DISQUE DENUNCIA 181 e REGISTRAR a ocorrência
4) ir a delegacia + próxima e registrar um B.O.
5) ir no mercado e conversar com a gerência, informar se eles possuem uma câmera e se ela consegue filmar o LOCAL onde vc presenciou o abuso. Se sim, ele provavelmente só vai liberar com ação judicial. Tudo bem, pq vc pode registrar no B.O. ou na denúncia ao Disque 100, 181 ou ao Conselho Tutelar.

Obs.: Já ANOTE as CARACTERÍSTICAS de todos os envolvidos para vc não se esquecer: criança, abusador, mãe, sogra, etc. Perfil físico, altura, cabelo, vestimentas. Isso será muito importante na apuração/investigação.

Se precisar de mais orientações, posso te encaminhar para CONTATO com pessoas na sua cidade que já trabalham na área (eu ainda não atuo diretamente).

Se quiser, pode me escrever diretamente: adrianadejesus.missoes@gmail.com.

Abraços e muito boa sorte!

Lembre-se: não se cale. Mesmo de forma ANÔNIMA, vc pode ajudar esta criança.

Pepa disse...

Oi Kathia, é a Vi, lendo seu relato me deu vontade de estrangular esse homem, eu não sei o que faria, pois nessas horas sou capaz de ficar louca e nem pensar nas consequências.
Fato é que precisamos provar certas coisas, e o melhor é ter outras testemunhas, ou foto, caso contrario vai ficar a palavra dele contra sua, pois se não houve uma consumação da violência sexual, ficara sua palavra contra a dele.
É obvio que se esse ser asqueroso já esta se expondo em qualquer lugar é porque já esta sem domínio das suas ações e da mesma forma que você viu, alguém vai ver, vai ter provas e acabar com raça desse bicho do inferno.
O que você pode fazer é orar para Deus revelar o que esta acontecendo.
Quando temos condições de provar um crime desses, nunca devemos lavar nossas mãos, devemos pedir coragem a Deus e defender quem não pode se defender de tarados.
muitos beijos,Vi

silvodola.blogspot.com disse...

oi amiga,,,,,,,,,,acho q vc deveria ter feito um escandalo......como vc mm disse...essa menina vai sofrer mt e vc podia ter ajudado,,,,,corre, vai lá,,,ajuda...ajuda,,por favor ajudaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Teresa Agrello disse...

Nossa amiga, que situação hein! Confesso que não sei o que faria! Espero que o Espírito Santo te ilumine e conduza pelo melhor caminho.
bjins

lenalima disse...

Amiga essas coisas chocam , mas não é bem assim, se denunciar tem que provar, é muito complicado essa situação.


tem sorteio no meu kantinho resultado sábado! vem ...
abraços!

areiasdejade disse...

Deprimente, lastimável!
Nely

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...